Receba todas as novidades!
Deixe seus dados e receba nossos conteúdos direto no seu e-mail:
Seu e-mail está seguro conosco :)
Postado por Inara Chagas
11/09/2020

TERCEIRO SETOR: HISTÓRIA, ATUAÇÃO E CONQUISTAS

O terceiro setor é essencial para que demandas sociais sejam atendidas de forma plena | Foto: Pixabay
Ao falar em terceiro setor, a primeira coisa que vem à sua mente são ONGs, certo?

Não. Você não está pensando de forma equivocada (ao menos não totalmente).

Entretanto, ao falar deste setor, precisamos compreender que ele é muito mais complexo do que se parece e que saber a sua história e ramo de atuação é indispensável para qualquer profissional, sobretudo o da captação de recursos.

Por isso, sugiro que você dê uma atenção especial à leitura deste artigo. Depois do dia de hoje, não existirão mais dúvidas em sua mente sobre o papel do terceiro setor na sociedade.

Vamos lá?

HISTÓRIA DO TERCEIRO SETOR NO BRASIL

De portas abertas até os dias atuais, a primeira instituição do terceiro setor identificada no Brasil é a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Santos (SP), fundada no ano de 1543. Fundada por Brás Cubas, a instituição presta serviços assistenciais e hospitalares e é a mais antiga instituição do terceiro setor que se tem registros.

Entretanto, foi somente no século XX que o que conhecemos hoje por "terceiro setor" começou a ganhar forças em nosso país. Se o primeiro setor da economia trata das atividades do Estado e o segundo do mercado, o terceiro setor é compreendido como um guarda-chuva para organizações privadas sem fins lucrativos (que você conhece por "ONGs").

Ao longo dos anos (sobretudo a partir da redemocratização), notou-se a insuficiência por parte do Estado de garantir demandas sociais básicas. E é neste momento que surge o terceiro setor como é conhecido nos dias de hoje.

O QUE É O TERCEIRO SETOR

O terceiro setor é compreendido como um grupo de instituições (entidades, institutos, organizações, fundações, associações e afins) de iniciativa privada, sem fins lucrativos e com o objetivo de oferecer produtos e serviços em prol de causas sociais.

Segundo Salamon e Anheier (1992), dentre as principais características de uma organização do terceiro setor, temos:

  • Formalmente constituídas: possuem alguma forma de institucionalização contendo regras de permanência e outras normas internas;

  • Não governamentais: são privadas, ou seja, não são ligadas ao governo;

  • Gestão própria: não são controladas externamente;

  • Sem fins lucrativos: todo lucro ou excedente financeiro é reinvestido integralmente na organização;

  • Trabalho voluntário: possuem algum nível de trabalho voluntário.

Dentre as classificações de organizações do terceiro setor, temos organizações não governamentais (ONGs), entidades filantrópicas, condomínios de edifícios, partidos políticos, sindicatos, clubes de futebol, dentre outros.

Veja como que o terceiro setor se encontra muito mais presente em nosso cotidiano do que pensamos. E é justamente por esse grande potencial de impacto que um bom profissional deve entender a atuação deste setor.

CONQUISTAS E ATUAÇÃO INTERNACIONAL

Antes dos anos 1990, o termo "terceiro setor" era utilizado na Europa para se referir à ações de caridade | Foto: Pixabay
Para se ter noção do tamanho e impacto do terceiro setor, vejamos aqui alguns exemplos de sua atuação ao redor do mundo.

A organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) leva cuidados médicos a áreas afetadas por crises humanitárias (guerras, desastres naturais e epidemias). Com quase cinquenta anos de atuação, já ofereceu assistência em momentos como Terremoto no Haiti, Guerra da Síria, epidemia de Ebola e afins.

O Greenpeace, uma das maiores organizações ambientalistas do mundo, está presente em aproximadamente 41 países e tem uma série de feitos, como o fim da comercialização de baleias e da exploração de mogno, uma das madeiras mais nobres da Amazônia.

Esses são apenas dois exemplos, entretanto, poderia criar apenas um blogpost com atuações de organizações do terceiro setor ao redor do mundo. Conteúdo é o que não falta.

Se depois de ler esse artigo você se interessou mais pelo mundo do terceiro setor, a dica que dou é: siga as redes sociais da Fundraising Academy Brasil. E por quê?

Por além de termos uma série de conteúdos sobre o terceiro setor, somos especialistas na área. Tudo que compartilhamos é fruto de anos de experiência e dedicação.

Ficaríamos muito felizes se você passasse a acompanhar mais sobre este mundo e contasse conosco para embarcar nesta jornada. Nos vemos por lá?

REFERÊNCIAS

SALAMON, Lester e ANHEIER, Helmut. In search of the nonprofit sector I: the question of definitions. Voluntas, V.3 N. 2, 1992.

Gostou do nosso conteúdo?

Compartilhe nas suas redes sociais :)