Receba todas as novidades!
Deixe seus dados e receba nossos conteúdos direto no seu e-mail:
Seu e-mail está seguro conosco :)
Postado por Inara Chagas
04/09/2020

CAPTAÇÃO DE RECURSOS:O QUE É E COMO FUNCIONA ESSA ÁREA?

A captação de recursos nada mais é do que uma série de ações e estratégias para levantar recursos financeiros para a sua ONG. Este é o setor responsável por garantir que a sua organização sem fins lucrativos tenha renda para se manter em pé.

Um captador de recursos tem o compromisso de buscar e fidelizar doadores e apoiadores para a sua causa, sempre trazendo ideias para diversificar as fontes de receita da organização.

Mas, afinal, o que é captação de recursos? Como ela funciona para o terceiro setor? Ao final da leitura deste artigo você saberá a resposta de todas estas perguntas e, de brinde, receberá um convite especial, que fará a diferença nos rumos da sua causa social.

Vamos lá?

O QUE É CAPTAÇÃO DE RECURSOS?

A área da captação de recursos deve ser considerada um dos pilares de uma ONG que deseja estabilidade e sucesso | Foto: Pixabay
A captação ou mobilização de recursos engloba um leque de ações com o objetivo de conseguir recursos para a sua organização. Esses, por sua vez, são fundamentais para que as ONGs possam atuar na sociedade civil. Como exemplos de recursos temos as doações de produtos e espaços, trabalhadores voluntários, doações financeiras (recorrentes ou não) e por aí vai.

As principais fontes de renda que vemos em organizações sem fins lucrativos são recursos governamentais, doações e renda gerada por vendas de serviços e produtos (vendas de chaveiros, por exemplo). Entretanto, por mais que existam muitas outras formas de captação e fidelização, essas instituições costumam contar com apenas uma fonte de recursos. E isso é um problema.

Pense comigo: sua organização recebe, todo mês, uma quantia de 5 mil reais de um mesmo doador. O que acontece, se, por exemplo, ele precisar fazer um tratamento de saúde e utilizar aqueles 5 mil reais (podendo aumentar para 10, 15 ou 20, conforme o tratamento)? A sua causa, por consequência, não teria como se financiar naquele período.

A área de captação de recursos se faz presente não apenas para angariar dinheiro para que seu projeto social exista, mas para que ele possa atravessar crises da melhor forma possível, tendo estabilidade financeira, e mostrando ainda mais o seu valor.


POR QUE ESSA ÁREA É IMPORTANTE?

Como já mencionei, captar recursos é essencial para que a sua ONG saia do limbo "apagar incêndios todo mês" e passe para a fase de planejar o futuro e ter um crescimento constante.

Por exemplo: como a sua iniciativa pode pensar em ter um espaço físico maior, se ela não possui recursos suficientes para uma reserva de emergência?

Ter um captador de recursos pode mudar esse cenário.

Falando assim parece que essa é a resposta para todos os problemas do terceiro setor, né? Na verdade, devo dizer que está bem longe de ser a solução, mas acredito fortemente que essa área merece muito mais atenção da sua parte.

Para que uma mobilização de recursos possa trazer frutos positivos para as ONGs, elas precisam trabalhar todo o seu potencial: comunicação, valorização da causa, atuação com a sociedade civil, etc. Vê como que tudo é resultado de um processo coletivo?

Entretanto, todos esses setores só podem existir se a sua organização contar com recursos. Eles são a base para a sua causa social atuar e, justamente por depender deles para que ela cresça, a área da captação deve ser valorizada e profissionalizada.

COMO CAPTAR RECURSOS?

Cada organização deve encontrar a sua melhor forma de captar recursos. Testes são sempre bem vindos! | Foto: Pixabay
Poderia dizer que esta é a pergunta de um milhão de dólares. E simplesmente porque a resposta é: não existe uma fórmula exclusiva de captar recursos para a sua ONG!

Estamos em um país imenso — tanto em território quanto em cultura. Buscar uma equação simples para captar recursos é impossível porque ela tem muitas variáveis: ramo (esporte, cultura, saúde, educação…), localização, poder público local, características culturais da região, perfil dos doadores e por aí vai.

Existem, sim, ações que já se provaram eficazes na captação de recursos: agradecimentos de doações, criar benefícios para doadores, promover a sua marca nas mais diferentes mídias, criar botões para doação em seu site… Poderia te dar várias dicas extremamente úteis para a sua causa, mas este é tema para outro conteúdo de nosso blog que sairá em breve, prometo.

Por hoje, deixo para você a dica mais valiosa de todas: não fique parado(a)! Casos de sucesso só existem porque, ao sentir as dores de sua organização, essas pessoas foram atrás da solução. Por isso, busque sempre entender mais sobre o seu público, seu setor e sobre a área de captação. Nunca é tarde para aprender e inovar.

DICA BÔNUS PARA CAPTAR RECURSOS!

Se você faz parte de uma organização sem fins lucrativos, imagino que tenha ficado clara a importância desta área em sua iniciativa, certo?

Para te ajudar a profissionalizar o seu setor de captação de recursos e entender mais sobre esse universo, deixo aqui o convite para participar do grupo de Telegram da Fundraising Academy Brasil. Lá, compartilhamos dicas diárias sobre o mundo da captação de recursos no terceiro setor.

Lembra do que comentei anteriormente sobre não ficar parado(a) e começar com a mudança em sua iniciativa? Pois bem, a oportunidade acabou de ser lançada. Tenho certeza que este será um diferencial para a sua causa social.

E, se por acaso, você ainda não está no terceiro setor, a minha proposta segue de pé! Neste grupo você terá a chance de conhecer mais o trabalho desse ramo de atuação e ter dicas incríveis, que podem ser aplicadas, até mesmo, na sua vida pessoal. Posso contar com a sua presença por lá?

Gostou do nosso conteúdo?

Compartilhe nas suas redes sociais :)